E-commerce supera vendas em shoppings da Grande SP
Brasil desponta como principal mercado
de e-commerce da América Latina
Redes sociais influenciam compras da maioria dos internautas
 

Incentivo fiscal contribui para sucesso do comércio eletrônico
28/10/2008 - Luiza Renovato - Leituras: 285

O processo de atração de investimentos de novas indústrias para o Tocantins, que tem como pontos fortes as condições naturais favoráveis que o Estado oferece e a política governamental de investimentos em infra-estrutura e logística é reforçado com a concessão de incentivos fiscais, administrados pelo CDE - Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico, na Secretaria da Indústria e Comércio. Um dos bons exemplos de investidores que apostaram no Tocantins é a Sack´s, que atua no comércio eletrônico de perfumes e cosméticos.


Os empresários André Montenegro e Marcelo Franco, que estão à frente do empreendimento, integrado por um sistema de gestão, definiram-se pela implantação do braço virtual de uma rede de perfumarias localizadas no Rio de Janeiro, de propriedade de Marcelo Franco. Hoje os dois estão juntos à frente de um negócio bem-sucedido.


A publicação Pequenas Empresas & Grandes Negócios, da Editora Globo, traz na edição de outubro/2008 como matéria principal “Os segredos de quem se deu bem no varejo eletrônico”. Um dos casos de sucesso é justamente a Sack´s, cujo escritório-sede está localizado no Rio de Janeiro, mas o estoque e o centro de distribuição focam em Palmas.


André Montenegro, em entrevista à revista, destacou que foi fundamental a decisão de reduzir custos. Um instrumento que ele cita como fundamental para o sucesso que a empresa alcançou foi a concessão de incentivos fiscais pelo CDE, no Tocantins, através do E-Commerce, que reduziu a carga efetiva de ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços a 2%. Além dessa vantagem, como destaca a matéria, “as mercadorias ficam perto dos clientes do Norte e do Centro-Oeste”.

   
  voltar para notícias